Medindo a distância no espaço usando o portal do Dark Energy Survey

18 de abril de 2019 | LIneA

No dia 28 de março o artigo liderado pela doutoranda Julia Gschwend foi publicado no blog do Science Trends, um site de divulgação científica fundado em 2017 que cobre as áreas da ciência e tem alcance internacional. O trabalho já tinha sido reconhecido anteriormente, quando publicado na revista Astronomy & Computing, e fala sobre como a medição de distância é um desafio importante na astronomia. Para resolver esse problema, redshifts fotométricos (photo-z’s) têm sido amplamente utilizados pela comunidade astronômica. Embora menos precisos que os espectroscópicos, eles são mais baratos e mais rápidos (em relação ao número de galáxias medidos por tempo de exposição).

Neste trabalho, foi abordado como a infraestrutura do Portal da Ciência do Dark Energy Survey (DES) se apresenta como uma solução para conectar todas as etapas do procedimento completo para estimar o photo-z, garantindo consistência e controle de proveniência. O Portal é uma ferramenta baseada na Web que combina um aplicativo da Web, um sistema de fluxo de trabalho, um cluster de computadores e dois bancos de dados. Ele é desenvolvido de forma colaborativa por um grande número de pessoas de TI e ciência espalhadas geograficamente pelo Brasil. Também temos contribuições de membros do DES em vários outros países entre as instituições participantes do DES.

blank
Figura 1 – Observatório de Cerro Tololo que abriga a Dark Energy Camera. Créditos da imagem: Fermilab.

A reportagem está na íntegra do Sciende Trends, em inglês, e pode ser acessada através deste link. Isto mostra o reconhecimento do trabalho desenvolvido no país, e a capacidade de internacionalização dos afiliados ao LIneA e INCT do e-Universo envolvidos nestes projetos internacionais.

LIneA é um laboratório apoiado pelo Observatório Nacional (ON), Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), e pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), criado com a finalidade de dar suporte à participação brasileira em levantamentos astronômicos. O INCT do e-Universo também apoia brasileiros participantes de grandes levantamentos astronômicos, incluindo o LSST.

Deixe um comentário